19.4.09

tumblr.

agora eu tenho um tumblr:

http://sugarfight.tumblr.com/

não é tão ok qto blog mas é bem mais adequado que twitter.
(esse lance de número limitado de caracteres eu acho muito péssimo.)

10.4.09

how it goes.

eu perdi muito o hábito de matar o tempo na casa dos meus pais.
quando eu morava aqui eu falava a mesma língua que o computador, e isso facilitava um monte. agora esse computador novo da minha mãe não tem nem media player classic, e juro por deus, não consigo usar o media player do windows xt. é tão frufruzento e pesadão. um trambolho que precisa de um milhão de codecs pra passar um episódio de 30 rock com som e imagem.
e o que as pessoas andam fazendo na internet hoje em dia? eu perdi com força o dom da concentração para fazer leitura virtual, tentei ler blogs mas total que não rolou.

fiquei visitando site de fotógrafo.
por tipo 4 (quatro) horas.

e se for pra sair do computador, eu vou pra onde?

a sociedade que me perdoe, mas eu não tenho mais saco nem estômago pra ficar na casa da minha vó. com aquela quantidade abessurda de gente. dez tias ao mesmo tempo, todas comentando que eu engordei, que eu ganho pouco, que eu deveria me esforçar mais e que depois que a mulher completa 28 anos toda gravidez é de risco.

-_-

é complicado que esse discurso todo se encaixe numa pessoa da minha idade. e eu realmente tenho toda essa preocupação sobre ter envelhecido sem amadurecer. embora eu me sinta feia como uma pessoa de trinta anos.

27.2.09

agências de emprego.

mulher do carreira fashion me liga:

mulher: oi tudo bom aqui é fulana do carreira fashion posso ter um minuto da sua atenção?
eu: tudo bem. pode.
mulher: tenho apenas 4 perguntas para te fazer, vai ser rápido.
eu: ok. pode falar..
mulher: quanto tempo você ficou cadastrada no carreira fashion?
eu: 2 ou 3 semanas, acho.
mulher: você foi chamada para quantas entrevistas, neste período?
eu: 3 entrevistas, acho.. mas não tenho certeza, acho que algumas delas eu consegui através do catho.
mulher: você chegou a ser contratada?
eu: aham.
mulher: o cargo que você conseguiu, era o que você almejava?
eu: sei lá.. acho que sim. a empresa é perto da minha casa.
mulher: você autoriza a publicação do seu depoimento no nosso site?
eu: aham, tudo bem..

imagino o depoimento publicado:

"OI MEU NOME É ISABELA. FIQUEI CADASTRADA NO SITE CARREIRA FASHION POR MENOS DE UM MÊS, CONSEGUI VÁÁÁRIOS CONTATOS PARA ENTREVISTAS E LOGO FUI CONTRATADA PARA EXERCER UM CARGO QUE ERA EXATAMENTE O QUE EU DESEJAVA!!!"

not!

-_-

17.1.09

5 +.

5 WEB STUFF
não tive internet em 2008.
foi tão bizarro.
me tornei outra pessoa.
acho que me tornei uma pessoa pior.
to tão numb.


5 MICOS
show do animal collective
minha roomie ameaçando jogar minha cama pela janela.
viagem praz'europa com a filha da chefe.
engordei 4 quilos.
quase não ouvi música nova. :/


5 MOMENTOS GEEK
gibis do hideshi hino.
torrentz 24h/dia (no pc do namorado).
lonely island.
30 rock.
too much on line fashion information. (explodiu meu saco).


4 MOMENTOS POLÍTICOS/ OU NÃOtina fey de sarah palin no youtube.
maluf querendo aterrar o tietê. /die
crise econômica mundial atingindo em cheio a indústria da moda.
marta suplicy tirando o kassab do armário.
justifiquei o voto pela primeira vez na vida.
minha irmã ficou noiva 3 vezes do mesmo cara.


5 GRANDES FEITOS
me mudei pra sampa.
pedi demissão duas vezes \o/
fui demitida uma vez. -_-
aluguei um apartamento NO MEU NOME.
falei inglês com ingleses na inglaterra.


5 FILMES/SERIE PESSOA AUGUSTA
uma garota dividida em dois
falsa loira
a fronteira da alvorada
sparrow
sonata em tóquio

FILMES/SERIE PEÇOA BUNITA
hellboy 2
pineapple express
step brothers - quase irmãos
as ruínas
speed racer


5 IGNOREI PQ, MEU KOO, HAJA...
mallu magalhães
olimpíadas
tv de um modo geral
balada
dieta, academia, vida saudável, entrar nas minhas próprias calças etc.


5 TENTATIVAS PARA 2009
voltar a estudar.
"diminuir meu ritmo", como bem colocou a psicóloga da agência de rh.
fazer plano de saúde, plano de aposentadoria privada, plano meu koo de burocracia do caralho de gente grande e chata. (mas eu vou fazer. todos.)
"fazer amigos. sair da concha. aprender a me relacionar mais, e melhor" (de novo, como bem colocou a psicóloga da agência de rh.)
procurar uma psicóloga que não seja de rh e pra quem eu não precise mentir pra conseguir um emprego.

(chupado da hunnybunny.)

inútil.

está passando um documentário de um china muito competente, no espaço unibanco do shopping gay caneca. chama-se "inútil". é sobre a indústria da moda na china, sob todos os aspectos que o diretor conseguiu reunir em 80 minutos.

começa com um panorama geral sobre operários numa confecção, que me emocionou bastante - porque é bem o meu mundinho, aquele que ele mostrou, e eu vi que no interior de minas gerais, no bom retiro e na china, as coisas para nós acontecem da mesma forma. a introdução do filme é longa e não tem diálogos ou trilha sonora, só vemos os operários realizando suas funções pequenas, que parecem ser menores ainda quando comparadas com uma indústria tão monumental. um cortador corta a auréola do tecido com uma tesoura que tem o nome dele escrito com corretivo de caneta. é tão real isso aí. em fábricas, o mais tem são tesouras, então todo mundo escreve o nome na sua, para não misturar.

depois da confecção, uma música pop chinesa-ocidentalizada faz a transição para o segundo aspecto da indústria retratado no filme: a alta costura. o diretor acompanha uma estilista que diz ter deixado as confecções em busca de uma moda menos descartável. ela mora num ateliê e tem algumas operárias a seu dispor, que trabalham executando tarefas não menos monótonas e em condições não menos precárias que as operárias da confecção. a estilista diz que enveredou por este caminho porque não achava correto que a china, sendo um dos maiores exportadores de moda do mundo, não tivesse uma marca de renome internacional. ela ressalta várias vezes a importância da peça ser confeccionada à mão. ela afirma que o cuidado com que impregna suas criações fazem com que estas tenham um algo mais a oferecer ao consumidor, faz com que sejam peças com uma história para contar, com grande valor intrínseco, peças duráveis, únicas e cheias de identidade.

o diretor acompanha a viagem da estilista a paris, e todos os preparativos para a apresentação de sua coleção na semana de alta costura. a apresentação é lindíssima, e a maneira com que é mostrada no documentário não diminui, sob nenhum aspecto, sua beleza e originalidade. o tema da coleção é a ação da natureza e do tempo sobre as roupas. a estilista chegou a enterrar algumas peças no solo, para que, entrando em contato com a terra e os elementos naturais, elas adquirissem alguma "vivência", alguma "história". o resulado são roupas com aparência envelhecida e empoeirada, disformes e sem cores, que vestiriam bem um mendigo, mas que serão caras demais para isso.

da apresentação em paris, o diretor corta para um vilarejo na china, que existe em função de uma mina de carvão. um operário sujo, andarilho, é retratado usando uma roupa que poderia ter saído da apresentação da estilista: as mesmas cores, as mesmas formas, o mesmo jeito envelhecido e empoeirado. ele caminha até o vilarejo, onde visita o ateliê pobre de uma costureira que atende em casa, uma mulher de aspecto infeliz, que lhe conserta uma calça por alguns trocados. o diretor, a partir daí, acompanha alguns clientes da costureira. pessoas pobres, sem perspectivas, condenadas a trabalharem na mina de carvão.

um ex-alfaiate é entrevistado. ele diz que percebeu que o ofício de alfaiate não fazia mais sentido quando um terno na pronta-entrega passou a custar mais barato que um terno mandado fazer. nessa parte do documentário, são retratadas pessoas que também faziam roupas artesanais, confeccionadas a mão, tão únicas quanto as da estilista, mas que faziam isso por não terem escolha.

em nenhum momento do documentário, o diretor toma partido de nenhuma das vertentes da indústria da moda. o único fator de unidade do longa são as roupas que as pessoas usam, como as usam e como podem usá-las. mas fica evidente que moda é uma indústria de pessoas miseráveis, costurando para pessoas igualmente miseráveis, e se há um ou outro parêntese recheado de glamour no meio dessa equação, não é mais que ilusão ou vazio.

comofas?

por um lado eu continuo morando em são paulo e tenho as noites livres pra ver toda a televisão que eu conseguir. por outro lado, eu não tenho televisão, NEM internet, NEM consigo ficar acordada depois das 22h [porque eu acordo às 6:30h]. então tá difícil, né? to "assistindo" bbb pelo blog. na lan house. e olhe lá.

7.1.09

lista de melhores filmes de 2008.

filmes de 2008
os que eu mais gostei (não os melhores):
(MAIS OU MENOS nessa ordem. MAIS OU MENOS.)

1. hellboy 2 (o vermelhão bêbado chorando e cantando a dor de cotovelo bateu todos os recordes mundiais de cenas que me arrancaram maiores risadas ever.)
2. antes que o diabo saiba que você está morto ("que você possa passar meia hora no paraíso, antes que o diabo saiba que você morreu". gênio demais.)
3. pineapple express (james franco gritando "fuck the police". CARALHOQUECENAmaravilhosa)
4. sonata em tóquio (muito maravilhoso e inesquecível. já era um grande pesadelo na época, agora que estou desempregada nem arrisco rever).
5. the good, the bad and the weird (antes de assistir este, o cowboy do ano era apaloosa. mas o japa humilha demais.)
6. speed racer (corrida de carros. macaco. ninjas. desenho animado. só digo isso.)
7. step brothers - quase irmãos (boats and ho's)
8. vicky cristina barcelona (ok que não é nenhuma grande coisa. mas vamos combinar que NENHUM woody é uma grande coisa. vicky cristina, entre as pequenas coisas do woody allen, é uma das maiores. demorou pra ele voltar a ser engraçado.)
9. onde os fracos não têm vez (muito obra prima.)
10. as ruínas (plantas assassinas alienígenas no méxico.)
11. falsa loira (o perigo dos cantores bons de lábia na vida de uma operária gostosa.)
12. a fronteira da alvorada (ah, os franceses..)
13. o nevoeiro (muito de medão.)
14. sparrow (romance, batedores de carteira e pardais.. a vida é linda.)
15. diário dos mortos (encerrando com os zombies.)

 

BLOGS

[ gui ]
[ mary ]
[ marcel ]
[ remi.malcoeur ]
[ thales ]
[ lee ]
[ deds ]
[ dan ]
[ carla ]
[ creed ]

 

MEUS LINKS

[ orkut ]
[ last.fm ]
[ iqons ]
[ gmail ]
[ flickr ]

 

PROPAGANDA

[ miles.aldridge ]
[ andrea.giacobbe ]
[ erwin.olaf ]
[ an inconvenient truth ]
[ pearls ]